29
Set 12

Mariana Monteiro perde dinheiro

Com apenas 23 anos, Mariana Monteiro é vista como uma das actrizes da sua geração com maior estabilidade financeira. A coragem de cedo ter deixado a casa dos pais e a cidade onde nasceu -Porto - para embarcar numa aventura desconhecida trouxe-lhe dividendos que agora estão em risco. As estações de televisãocomeçam a fazer contas à bolsa, sobretudo a TVI que é a que tem mais actores exclusivos. Depois de muitos rumores - que começaram a surgir em Junho -, a verdade é que o canal já começou a fazer cortes e Mariana Monteiro foi uma das atingidas.

Apesar de ser a protagonista da novela ‘Doce Tentação', a actriz não escapou à crise e preferiu ver o seu ordenado reduzido a perder aexclusividade. Com a revisão salarial, a jovem passa a receber 3500 euros, menos 1500 do que até agora.

"Claro que menos 1500 euros faz estragos ao final do mês, mas era isso ou perder o contrato de exclusividade. E, nesta altura, ficar sem trabalho, ou melhor, permanecer numa situação inconstante, não é bom para ninguém", começa por dizer à Vidas uma fonte ligada àTVI.

Certo é que Mariana Monteiro aceitou ver o seu contrato revisto, mesmo que isso implique menos condições. "Ao longo dos anos, a Mariana conquistou uma boa estabilidade financeira e é claro que está atenta ao que se passa no País. Acima de tudo, ela não quer perder o seu contrato de exclusividade porque, isso sim, lhe dá segurança", diz uma amiga da actriz.

Recorde-se que, há pouco tempo, Mariana Monteiro assumiu que ser exclusiva da TVI é o melhor para si, tanto a nível pessoal como profissional. "Dá-me uma segurança que não é característica nesta profissão. É uma contradição da realidade mais comum de um actor, que na minha opinião é bastante triste e preocupante. Tenho noção de que sou uma privilegiada", fez saber, acrescentando: "A minha profissão é, por norma, muito instável e numa altura de crise ainda mais. Sinto-me realmente privilegiada e fico muito triste por haver colegas que não conseguem estar a trabalhar. É muito assustadora essa realidade. Temos de tentar combater isso."

PROPOSTA MUITO PONDERADA

Esta tomada de decisão por parte da jovem também está relacionada com o facto de ver muitos dos amigos que ganhou na representação ficarem em situações bem piores. "Há muitos actores que perderam os seus contratos e a Mariana receou que o mesmo lhe pudesse acontecer. Por isso, quando lhe apresentaram esta alternativa, ela nem pestanejou", diz a mesma amiga, garantindo que a actriz continua a ver um contrato de exclusividade como uma tábua de salvação. "É como tudo. Tem prós e contras. Até ao momento vi mais prós e aceitei. O mais positivo é continuar a ter projectos e também é importante para me ajudar a ter dinheiro para a formação", opina Mariana Monteiro.

De salientar que ter um contrato de exclusividade num canal televisivo significa o pagamento do ordenado, mesmo que o profissional não esteja a trabalhar.

Quando, em 2005, aceitou fazer os ‘Morangos com Açúcar', a jovem começou a fazer uma gestão mais cuidada do seu ordenado e os amigos afiançam que Mariana Monteiro tem os pés bem assentes na terra e faz uma gestão equilibrada do seu dinheiro. Ainda para mais na altura em que a jovem tomou a decisão de partilhar casa com o namorado, João Mota.

"Uma vida a dois não é fácil, ainda para mais para gente jovem como eles", defende um amigo do casal que salienta ainda: "Neste momento, o João está a dar os primeiros passos na TVI e tem de agarrar as oportunidades que lhe apareçam mas ele e a Mariana têm a perfeita consciência de que hoje está tudo bem e o amanhã pode mudar. Por isso, são muito cautelosos com as suas finanças."

PERDA DE CONDIÇÕES

Mesmo com menos dinheiro mas a mesma estabilidade, Mariana Monteiro tem visto outros colegas de profissão perder contratos e até condições de trabalho. "Havia certas mordomias que os actores tinham e que perderam. Estamos a falar, por exemplo, das deslocações para os estúdios de gravações. Era habitual irem buscá-los a casa, mas hoje a maioria desloca-se nos seus próprios carros ou então apanham boleia de elementos da produção que combinam em um ou dois locais escolhidos em Lisboa", refere uma outra fonte da TVI.

Ainda que o número de actores com contratos de exclusividade tenham diminuído, a verdade é que os rostos que habitualmente aparecem na TVI irão, em grande parte, manter-se. Paula Neves, por exemplo, ficou sem contrato de exclusividade, mas, segundo nos relata uma fonte da estação, "há o compromisso de continuar a trabalhar na ficção nacional".

NAMORO ESCONDIDO

Em Novembro de 2010, o romance de Mariana Monteiro com Gonçalo Teixeira foi tornado público. No entanto, durante meses, a actriz e o manequim preferiram manter-se resguardados. O namoro terminou no Verão de 2011.

PRIMEIRO GRANDE AMOR

Em 2006, Mariana Monteiro assumiu a sua paixão por Daniel Cardoso. Durante quatro anos, os dois viveram um amor tórrido que acabou por não resistir à distância quando o actor resolveu mudar-se para o Algarve.

ESTREIA NOS ‘MORANGOS'

Aos 17 anos, Mariana Monteiro concretiza o sonho de trabalhar na televisão, ao integrar o elenco de ‘Morangos com Açúcar'. Na série, a actriz (segunda da esq.) contracenou com Jessica AthaydeDiana ChavesSara Prata e Joana Duarte.

REVISÃO SALARIAL

Diogo Amaral é um dos actores que mantém contrato de exclusividade com a TVI. No entanto, à semelhança de outros profissionais, será alvo de uma revisão salarial. Situação que partilha com Mariana Monteiro, com quem também divide o protagonismo na novela ‘Doce Tentação'.

PAULA NEVES PERDE VÍNCULO

Na revisão que a TVI fez dos contratos de exclusividade, Paula Neves perdeu o seu vínculo. "Tinha com eles uma relação de muitos anos. E, de repente, foi um balde de água fria. Vi-me, subitamente, a ter de repensar tudo", conta.

SEGURANÇA NO DIA-A-DIA

Pedro Lima usufrui, como muitos actores, de um contrato de exclusividade que lhe dá à volta de oito mil euros por mês. O conhecido actor continua a ser uma presença muito assídua na ficção nacional da TVI.

O GRANDE TRUNFO DA TVI

Considerada a diva das novelas, Alexandra Lencastre é "o grande trunfo da TVI", como descreve fonte da estação. Desde 2005 que a actriz tem contrato de exclusividade, ganhando cerca de 20 mil euros por mês.

VETERANO NOS CONTRATOS

António Pedro Cerdeira foi dos primeiros actores a assinar um contrato de exclusividade. Tudo aconteceu há 16 anos e o actor, apesar de já ter sido convidado para mudar para a SIC, achou por bem não cortar o seu vínculo com a TVI.

FERNANDA FIEL AO CANAL

Tal como Alexandra Lencastre, Fernanda Serrano tem um contrato de exclusividade que lhe rende cerca de 20 mil euros por mês. Fiel à TVI, a actriz até recusou um convite tentador e chorudo para se mudar para a SIC.

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

publicado por adm às 21:27 | comentar | favorito
13
Ago 11

Os Salários da Ficção TVI

Actores como Lourenço Ortigão, Sara Matos, David Carreira, Ricardo de Sá, Lia de Carvalho, entre outros, recebem o salário mais baixo de todos os exclusivos TVI. 

Entre os 1000€ e os 5000€  as novas estrelas do canal (as mais recentes vindas dos "Morangos com Açúcar") ocupam um dos lugares mais baixos da pirâmide de salários da ficção TVI.

 

Entre os 5000€ e o 10.000€ é o valor do salário de actores como Joana Solnado, Pedro Lima ou António Pedro Cerdeira.

 

Quase no topo da lista dos mais bem pagos da Ficção do canal, estão actores como Paula Lobo Antunes, Nuno Homem de Sá, Maria João Bastos e Margarida Marinho.

Todos os meses o salário destes varia entre os 10.000€ e os 20.000€.

 

Como seria de esperar Alexandra Lencastre e Fernanda Serrano são as actrizes mais bem pagas da TVI. 

O "Correio da Manhã" não conseguiu aferir qual o seu salário porém, é sabido que está acima dos 20.000€!

fonte:http://maistvi.blogspot.com/

publicado por adm às 14:16 | comentar | favorito