OCDE: Portugal segundo país com maior diferença de salários entre início e fim de carreira de professor

Portugal, apenas atrás da Coreia do Sul, é o segundo país que apresenta maior diferença entre os salários no início e no final de carreira de professores no ensino secundário, segundo um relatório apresentado hoje em Paris.

O documento salienta, no entanto, que um professor do primeiro ciclo do secundário "demora 31 anos a atingir o topo da carreira" em Portugal e 37 na Coreia do Sul.

Em Portugal, o salário em final de carreira é duas vezes e meia superior ao do início de profissão no primeiro ciclo do secundário, segundo o "Panorama da Governação 2011", apresentado hoje pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE).

fonte:http://sicnoticias.sapo.pt/

publicado por adm às 11:38 | comentar | favorito