Militares: OE rectificativo servirá para pagar salários

Os salários nas Forças Armadas estão em risco. A partir de Setembro, poderá não haver dinheiro para pagar o ordenado aos militares. O problema - que já não é de agora - volta a repetir-se e pode estar na origem do segundo Orçamento Rectificativo, escreve o jornal «Público».

De acordo com o mesmo jornal, os problemas de tesouraria e a desorçamentação na Defesa terão sido as razões de peso que levaram o ministro das Finanças a anunciar um segundo Orçamento de correcção às contas públicas, já em Outubro.

Vítor Gaspar justificou este segundo documento com um desvio na despesa na ordem dos 2 mil milhões de euros. Mas a defesa terá ainda que combater outras frentes: nos próximos meses Aguiar Branco terá que reduzir em 10% o número de efectivos, rever a Lei de programação militar e a reforma da saúde militar.

Em 2009, a despesa total da Defesa rondou dos 2 mil milhões de euros. Mais de metade serviu para pagar salários do pessoal.

Até agora a força aérea conta com 122 equipamentos, a marinha 106 e o exército com 1.902 viaturas e combate.

A redução do limite de lotação do pessoal a bordo é outra das medidas que está a ser levada a cabo por este Governo.

fonte:http://www.tvi24.iol.pt

publicado por adm às 20:45 | comentar | favorito
tags: