Onze quadros bancários ganharam mais de 1 milhão de euros

Onze quadros de topo do sector bancário em Portugal receberam em 2011 vencimentos fixos e variáveis superiores a um milhão de euros, indica a Autoridade Bancária Europeia (EBA).

Em conjunto, estes 11 quadros auferiram um salário fixo que ascendeu a 5,2 milhões de euros, enquanto perto de 12,5 milhões de euros se reportam a remunerações variáveis, de acordo com um relatório sobre remuneração dos funcionários com maiores vencimentos no sector na União Europeia.

Um destes quadros trabalha na banca de investimento e os restantes da banca comercial em Portugal. 

Somando salário fixo e remunerações variáveis, estes gestores de topo da banca arrecadaram em 2011 perto de 17,7 milhões de euros, menos do que os 19 milhões de euros registados em 2010, ano em que ganharam 5,8 milhões de euros de vencimentos fixos e remuneração variável de 13,2 milhões de euros. 

Em 2010, 13 quadros recebiam salários globais superiores a um milhão de euros, um num banco de investimento e os restantes 12 em bancos de retalho. 
  
O relatório da EBA sobre o total dos salários em 2010 e 2011 no sector bancário da União Europea constitui a primeira análise acerca da estrutura de remunerações das instituições financeiras no conjunto dos 27 países analisados dentro desta área económica.  
  
No geral, os resultados mostram que o número de gestores ou funcionários que recebiam vencimentos no montante de um milhão de euros ou mais em remunerações fixas e variáveis, em 2010 e 2011, "é limitado" na maioria dos Estados-membros, embora seja "bastante significativo noutros".  
  
Em 2011 foram relatados os vencimentos mais elevados nos salários do Reino Unido (2.436 pessoas), no caso da Alemanha (170), França (162), Espanha (125), Itália (96) e na Holanda (36).  
  
Vários funcionários com altos vencimentos trabalhavam em categorias profissionais nos bancos onde desempenhavam diferentes funções de responsabilidade, desde a direcção, gestão de riscos, auditoria interna, tecnologia da informação, comunicação e finanças direccionadas às empresas, aos recursos humanos e à legislação.  
  
A EBA vai publicar no final deste ano um relatório mais detalhado sobre a análise das práticas das remunerações seguidas pelo sector da banca na União Europeia, o qual servirá de referência e terá uma análise mais detalhada dos vencimentos apresentados esta segunda-feira.

fonte:http://rr.sapo.pt/in

publicado por adm às 22:26 | comentar | favorito