Salário fixo do presidente da REN aumenta 14%

O presidente executivo da REN, Rui Cartaxo, recebeu em 2012 uma remuneração fixa de 360 mil euros, mais 14% do que em 2011.

A REN pagou um total de cerca de um milhão de euros em remunerações fixas aos gestores da empresa em 2012, ano em que foram eleitos os novos órgãos sociais e a introdução de uma nova política de remuneração no seio da empresa.

Presidente executivo e ‘chairman' da gestora da rede eléctrica nacional, Rui Cartaxo recebeu 360 mil euros na componente fixa, à qual se deve somar a componente variável, que não foi especificada no relatório de Governo da Sociedade da REN enviado hoje ao mercado.

Cartaxo viu assim aumentar em 14% o seu salário fixo na REN, depois de em 2011 ter recebido 317 mil euros.

No comunicado, a REN informa ainda que pagou um total de 260 mil euros a dois antigos gestores como indemnização por cessão antecipada do mandato, na sequência da eleição de novos órgãos sociais em Março do ano passado.

A REN obteve um lucro de 124 milhões de euros no ano passado, mais 2,7% do que um ano antes, prevendo a distribuição de um dividendo de 17 cêntimos por acção.

Na sessão de hoje, os títulos da REN desceram 1,78% para 2,15 euros.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 18:56 | comentar | favorito