Governo quer cortar salários acima de 600 euros na função pública

A nova tabela salarial da função pública poderá implicar cortes progressivos entre 2,5% a 12%, a começar nos trabalhadores que ganham mais de 600 euros.

Ao que confirmou à Renascença fonte do Governo, a redução será progressiva até aos 2.000 euros. Acima desse valor será sempre de 12%.

A mesma fonte do Executivo acrescenta que cortes não são cumulativos e substituem os que estão em vigor feitos pelo anterior Governo de José Sócrates, que aplicou uma redução entre 3,5% e 10%, a partir dos 1.500 euros.

A nova tabela salarial da função pública é uma das medidas da proposta de Orçamento do Estado para 2014, que vai ser entregue esta terça-feira, no Parlamento.

As alterações poderão ainda não estar fechadas e serão confirmadas quando o documento final for tornado público.

fonte:http://rr.sapo.pt/in

publicado por adm às 23:06 | comentar | favorito