Salários da F1: Alonso e Hamilton os mais bem pagos

Fernando Alonso continua a ser o piloto mais bem pago da Fórmula 1 mas, desta feita, tem companhia. A troca da Mclaren pela Mercedes, permitiu a Lewis Hamilton igualar o salário do espanhol da Ferrari. Ambos recebem 20 milhões de euros por ano. 

Os dados são avançados pela publicação «Business Book GP» que, anualmente, dá conta dos salários dos pilotos de Fórmula 1. Curiosamente, notam-se algumas diferenças importantes em relação aos dados de 2012. 

Alonso, por exemplo, que auferiu 30 milhões no ano passado, reduz drasticamente o salário. Já Hamilton, que trocou de equipa, passa a ganhar mais quatro milhões, visto que recebia 16 na McLaren, o mesmo que Jenson Button, que mantém o ordenado. 

O inglês, campeão do mundo em 2009, ganha quase seis vezes mais do que o seu companheiro de equipa Sergio Pérez, que recebe 1,5 milhões, ainda assim mais um milhão do que o seu antigo salário na Sauber. 

A diferença entre Alonso e Massa é também significativa, mas menor do que no ano passado. Se em 2012 o espanhol recebia 30 milhões e o brasileiro 10, a diferença agora é “apenas” de 14 milhões, visto que Massa passou a receber 6 milhões pelo ano de contrato que decidiu acordar com a Ferrari. A escuderia italiana foi a equipa que mais poupou numa época de contenção de despesas.

Sebastian Vettel, o campeão do mundo, é o quarto mais bem pago da lista, recebendo 12 milhões, mais dois do que no ano passado e também do que o seu companheiro de equipa Mark Webber, que mantém o mesmo salário. 

Nico Hulkenberg foi para a Sauber ganhar o dobro do que recebia na Force India, ao passo que Charles Pic trocou de equipa mas...ganha o mesmo. 

Os dados, tornados públicos pelo jornal «Marca» através da referida publicação, não integram o salário de Max Chilton, da Marussia. 

Salários dos pilotos de Fórmula 1: 

1. Fernando Alonso (Ferrari): 20 milhões (menos 10 do que em 2012)
2. Lewis Hamilton (Mercedes): 20 milhões (mais 4 - estava na McLaren)
3. Jenson Button (McLaren): 16 milhões (mantém)
4. Sébastian Vettel (Red Bull): 12 milhões (mais 2) 
5. Nico Rosberg (Mercedes): 11 milhões (mais 1)
6. Mark Webber (Red Bull): 10 milhões (mantém)
7. Felipe Massa (Ferrari): 6 milhões (menos 4)
8. Kimi Räikkönen (Lotus): 3 milhões (menos 2)
9. Sergio Perez (Mclaren): 1,5 (mais 1 – estava na Sauber)
10. Romain Grosjean (Lotus): 1 milhão (mantém)
11. Pastor Maldonado (Williams): 1 milhão (mais 600 mil euros)
12. Nico Hulkenberg (Sauber): 1 milhão (mais 500 mil euros – estava na Sauber)
13. Valteri Bottas (Williams): 600 mil euros (estreante)
14. Jules Bianchi (Marussia): 500 mil euros (estreante)
15. Adrian Sutil (Force India): 500 mil euros (regressado)
16. Paul di Resta (Force India): 400 mil euros (mais 200 mil)
17. Jean Eric Vergne (Toro Rosso): 400 mil euros (mantém)
18. Daniel Ricciardo (Toro Rosso): 400 mil euros (mantém)
19. Esteban Gutiérrez (Sauber): 200 mil euros (estreante)
20. Charles Pic (Caterham): 150 mil euros (mantém – estava na Marussia)
21. Guiedo van der Garde (Caterham): 150 mil euros


fonte:http://www.autoportal.iol.pt/

publicado por adm às 23:32 | comentar | favorito